VOZERIA

desordem, tumulto, balbúrdia, alvoroço, bagunça, confusão, algazarra…Vozeria!

Posts Tagged ‘polícia’

Os Assaltantes, a Vingança e os Hipócritas

Posted by Tiago Di Tullio Freitas em 04/10/2012

A casa era simples. O bairro, praticamente inteiro comercial, tinha um cantinho especial apenas para residências. Nesta, moravam cinco pessoas: mãe, filhos gêmeos de onze anos, a sogra, de 81, e o pai, empresário, dono de uma pequena papelaria naquela vizinhança.

O carro chegou sem fazer alarde. Eram 3h30 da madrugada. Dois homens desceram encapuzados e armados. Um terceiro permaneceu no veículo. Apenas vigiaria. Sabiam que o portão estaria aberto. Não era costume trancá-lo. Entraram sorrateiros e passaram, também, pela porta de frente.

Não fariam mal às crianças. Acordaram os outros três moradores e, no quarto do casal, colocaram os três enfileirados de joelhos em frente à cama enquanto roubavam. Acharam dinheiro, mas não encontravam as tais joias que tanto procuravam. Aquela família não tinha joias.

– Enquanto a gente não achar o ouro, vamos ficar aqui! – bradou um deles.

– Velha desgraçada! – gritou o outro, enquanto socou com toda a força o rosto da matriarca, já idosa. – Me fala cadê as joias, filha da puta! Eu vou matar essa velha nojenta! – Neste instante, chutou a barriga da sogra. Usava uma botina e calçava 43.

Em prantos, a mãe desesperou-se e pediu, clamando em nome de Deus, que deixassem a casa e não fizessem mal àquela senhora. Nada adiantava. Armados, faziam ameaças de todos os tipos e falavam palavras do mais baixo calão. Terroristas, além de ladrões.

– Um escritório! – Percebeu um meliante, dirigindo-se ao cômodo.

O outro passou a mexer em um guarda-roupas para procurar as joias e ficou de costas para as vítimas, ainda ajoelhadas. Foi o tempo necessário para o pai passar o braço por debaixo do colchão e alcançar uma arma calibre 38.

Não esperou o bandido virar-se. Acertou na nuca. Sem defesa. Ao ouvir o tiro, o segundo assaltante voltou correndo para o quarto. Assim que entrou, viu a mãe já chamando a polícia. O segundo disparo foi ainda mais rápido. Foi o tempo de ele virar o olho para o canto para ser atingido na orelha direita.

Pela janela, o pai viu o terceiro homem descer do carro e apontou. Na escuridão, apertou o gatilho assim que ele abriu o portão. A luz automática ascendera-se em seguida. Saldo: três bandidos mortos.

Essa é a história dos assaltantes e da vingança. Mas…E os hipócritas? Os hipócritas serão aqueles que, ao lerem esse conto, fingirão não ter vibrado com o fim.

Posted in Contos | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comment »

Memória de elefante, voz de Deus…

Posted by Tiago Di Tullio Freitas em 02/11/2010

A beleza da democracia é essa: faz-se a voz do povo, da maioria. Seis, sete meses de intensas campanhas em busca de votos que vão decidir o rumo do país. O caminho a ser trilhado por quatro anos. Temos, agora eleita, a primeira mulher presidente do Brasil. Porque a maioria escolheu. A maioria que um dia escolheu Lula. Incríveis duas vezes! Essa maioria da memória curta…

Antes de mais nada, tenho respeito pelo voto de cada um. Prefiro debates com quem vota, se posiciona, tem opinião, do que as centenas de milhares de demagogos. Isso inclui líderes de partidos que concorreram à presidência que, ao invés de se posicionarem para justificar seu voto a quem os depositou a confiança, preferem ficar em cima do muro sem qualquer explicação ou justificativa plausível.

Mas voltando ao assunto, a memória do povo é realmente curta. Diga-se: caso Erenice Guerra; escândalo da quebra de sigilo na campanha adversária; lei do aborto; mordaça à imprensa; José Dirceu e o Mensalão; Palocci e o caseiro. Dentre MUITOS outros vindos deste partido. Uma mentira atrás da outra. Intermitentemente. Sem descanso.

Varre-se a sujeira pra baixo do tapete, muda-se o discurso, altera-se o visual, a maneira de agir, de falar e fica tudo certo. O que ficou pra trás é passado, afinal! Aliás, que passado, né? De um lado, um ex-deputado, ex-senador, ex-prefeito, ex-governador e, uma vez, eleito o melhor ministro do planeta. Do outro, a guerrilheira, ex-ministra envolvida em escândalos até as tampas, ex-secretária contestadíssima de Porto Alegre. A mulher que conseguiu a proeza de falir uma loja de 1,99 na capital gaúcha. Enfim…

Quem tem memória votou em um. Quem não se lembra, votou na outra. A candidata do “não lembro”, apadrinhada pelo Presidente do “eu não sei de nada” venceu. E assim ficaremos por mais quatro ou, quem sabe, oito anos…Queria todos tivessem memória de elefante. Aí sim, seria feita a voz de Deus. Deus que, pra nossa presidente, só existiu na campanha do segundo turno. Afinal, ela é atéia. Mas disso ninguém se lembra…

Posted in Política | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , | 1 Comment »

O Oscar e o Cacíque

Posted by Tiago Di Tullio Freitas em 27/11/2009

Não pode ter propaganda política antecipada. Ponto. Enquanto os partidos se degladeiam e racham em busca do melhor candidato (ou menos pior, porque do jeito que as coisas andam no Brasil…), um partido está a frente de todos, com a situação bem definida. Só que é a situação…E aí, em tudo que é seminário, inauguração, festa, premiação, eventos, comes, bebes, festa de criança em buffet, cervejada, churrasco, micareta, baile funk, parada gay (ufa) está lá nosso querido presidente com a fiel escudeira ministra…

E vão investigar…Claro que tudo é negado…Não existe propaganda antecipada! Afinal de contas ela é Ministra-chefe-mandatária-cacíque da Casa Civil! Engraçado que os outros ministros não aparecem tanto…No mínimo estranho…Ontem, em Manaus, em evento de inauguração de um gasoduto (esqueci de colocar esta PÉROLA na lista de eventos acima) ela DISCURSOU como candidata. Distribuiu beijos, carinhos, afagos com a população. Disse que é preciso dar ao governo do mensalão uma continuidade, pois nunca nada foi tão excelente…! Será que vão investigar denovo? Seria passível de uma averiguação. No mínimo de uma MEGA multa! Ah! É verdade, esqueci…Não é propaganda…Ela é o cacíque da Casa…Pode fazer o que quiser! Como já é de praxe nesse governo…

E quando achávamos que a calhordagem acabava: Aí sim, fomos surpreendidos novamente!!!

Meeega produção brasileira digna do Oscar na categoria de “pior atuação sem o mindinho”: estreia “O Filho do Brasil”…Uma história comovente, tocante, pra rir, chorar, se indignar e se orgulhar de ser brasileiro! E o mais importante, obviamente: uma “obra-prima” absolutamente despretenciosa! Afinal de contas, como disse o senador Edison Lobão Filho (PMDB-MA), foi uma película feita sem a necessidade alguma de captação de recursos da Lei Rouanet. Os empresários trataram de doar, investir e patrocinar “uma das mais belas histórias do nosso país”!

Só um adendo? Esse senador aí tem um inquérito correndo no STF por falsidade ideológica, uso de documento falso e formação de quadrilha. Ele é do mesmo partido do Sarney! O mesmo Sarney que foi presidente e chamado de ladrão pelo amigo Lula quando este último era metalúrgico e líder sindical. E que agora é defendido pelo mesmo, “pois nada se pode provar contra ele”. Será que no filme aparece o Filho do Brasil chamando o Sarney de corrupto? Acho que não, né? Fica mal pra propaganda…

Ah! É verdade, esqueci…Não é propaganda…

Posted in Política | Etiquetado: , , , , , , , , , , , | 1 Comment »