VOZERIA

desordem, tumulto, balbúrdia, alvoroço, bagunça, confusão, algazarra…Vozeria!

Carnaval Carioca 2013: Os primeiros sambas

Posted by Tiago Di Tullio Freitas em 08/01/2013

Na série “Carnaval Carioca 2013”, a intenção é dar a minha impressão pessoal dos sambas-enredo que vão embalar a Sapucaí no segundo final de semana de fevereiro. Vejo que, a cada ano, o interesse pela celebração mais tradicional da data no Sudeste cai concomitante à audiência da TV. Porém, como fã há 20 anos, faço aqui minha parte para que esses sambas (e os desfiles das respectivas agremiações) voltem a ser eternizados. Sei lá…Eu adoro o carnaval Carioca!!!

Ao todo, serão 6 posts com opinião, letra e vídeo dos sambas. A ordem será decrescente ao CD oficial lançado no final de 2012. Neste primeiro, Inocentes de Belford Roxo e São Clemente.

12. INOCENTES DE BELFORD ROXO – AS SETE CONFLUÊNCIAS DO RIO HAN

Opinião: A debutante do ano foi fundada em 1993 e, após 20 anos, faz sua estreia no Grupo Especial do carnaval carioca. Por ter subido no ano passado e pela falta de tradição, já pode ser considerada favorita absoluta ao descenso (isto, leia-se, é uma crítica ao modo como atuam os jurados que dão notas às escolas). Porém, não é apenas isso que vai contar na hora do desfile. Com menos estrutura, dinheiro e um samba ainda pobre para o nível do Grupo Especial, a meta é tentar permanecer no mesmo grupo no carnaval do ano da Copa. Missão difícil que, caso alcançada, surpreenderá.

A letra do samba-enredo (apesar de, como dito anteriormente, um pouco pobre) é bonita e de fácil compreensão. Porém, a composição como um todo cai em chavões e lugares comum, assim como a própria bateria, pouco ousada, típica de quem ainda está em fase de aprendizado. Ademais, como cético em relação a qualquer samba que faça homenagens a cidades/estados/países, não vejo muito futuro para a agremiação neste ano. Apesar de saber que, na verdade, a homenagem é aos 50 anos da imigração de Coreanos do Sul ao Brasil. O que chama a atenção é o intérprete Wantuir representando a escola. Com uma voz bem característica, vinha puxando os sambas da Grande Rio nos últimos anos.

Letra:

Chegou o grande dia
É o despertar de um sonho especial
Rufam os tambores na avenida
Coreia do Sul se faz carnaval
E… As sete confluências vão fluir
Peço águas tranquilas pra seguir
Para a deusa do vento a proteção
Rosa de Sharon
Recomeço e transformação
O respeito aos seus ancestrais
Refletem nos antigos rituais

Um rio de amor me leva
O destino soprou saudade
Um porto seguro o futuro revela
Um bom retiro de esperança e liberdade

Sinto a emoção
Em cada expressão
Da cultura popular
Navegar, mudar a direção
Num toque se comunicar
A fé refletida na paz de um olhar
És um belo exemplo a seguir
Um caminho de luz a trilhar
E lá vou eu…
Colhendo os frutos dessa linda união
Braços abertos a imigração
50 anos nessa pátria mãe gentil
Coreia do Sul
Tuas águas cristalinas são espelhos
Na cadência da baixada
Desaguam no meu rio de janeiro

Meu oriente é você
Vim mostrar o meu valor
Inocentes, razão do meu viver
Avante cidade do amor

Vídeo e música:

——————————————————————————————————

11. SÃO CLEMENTE – HORÁRIO NOBRE

Opinião: Disparado (!) o samba-enredo mais alegre do carnaval 2013. Uma tendência, aliás, que a escola segue desde o ano passado quando, injustamente, terminou como antepenúltima colocada após a apuração (lembrando que caíram Porto da Pedra e Renascer de Jacarepaguá, pois, excepcionalmente, 13 escolas desfilaram devido ao incêndio nos barracões ocorrido em 2011).

A letra é de arrepiar, principalmente para os fãs de TV e novelas. Viúva Porcina, Sinhozinho Malta, Perpétua e Odete Roitman permeiam a viagem ao “Horário Nobre”, tema do enredo deste ano. Tieta, Gabriela e a escrava Isaura também aparecem, junto a famosos bordões de personagens consagrados da telinha. Nomes de novelas e séries que fizeram história na TV brasileira serão lembrados na Sapucaí e, se o desfile apresentar a mesma pegada do samba-enredo, a agremiação tem tudo para surpreender neste ano. Aliás, é o desejo deste humilde blogueiro…

Letra:

Nem adianta me ligar agora
Eu estou grudado na tela
Antiga história de amor
Orgulho da gente
Ajeita a poltrona, chegou… São Clemente!
No espelho, a magia atravessa gerações
Está no ar a mística das grandes emoções
Coragem irmãos, que a viagem
Tem os dramas da vida que imita a arte
As lutas de um povo e suas bandeiras
Amores e risos por todas as partes

Dance bem, dance mal, dance sem parar
Roque quer sambar… Não é brinquedo não
Quero ouro, muito dez, Inshalá
O astro na imagem da televisão

Bem lembro a me seduzir
A morena sensual Gabriela
Fogosa Tieta e a doce Isaura
Branca escrava, tão bela
Em Bole-Bole quem não viu?
Dona Redonda explodiu!
Segura a peruca, Perpétua
Odete, chegou sua hora
O Brasil parou! Quem matou?
Já vai terminar do jeito que eu quis
Vilão não tem vez, final feliz

Olha quem chegou, Sinhozinho Malta
Viúva Porcina sambando igual mulata
Milhões de imortais também presentes
Na tela da São Clemente

Vídeo e música:

Anúncios

2 Respostas to “Carnaval Carioca 2013: Os primeiros sambas”

  1. Marco Guarizzo said

    Azar de quem não tem mais interesse. Não há uma festa mais fantástica que essa! 300 pessoas tocando no mesmo ritmo, senhoras que trabalham o dia todo na rua e vão à noite costurar fantasias, as histórias contadas na avenida, que são verdadeiras aulas!
    Em suma, só não gosta de escola de samba quem não conhece.

  2. Reblogged this on faclubeglaupivae comentado:
    Esse som ja está rolando na programação da radio, CURTAM E COMPARTILHEM ESSE SOM GALERA!!http://www.youtube.com/watch?v=rLQ7lcwUJT0

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: