VOZERIA

desordem, tumulto, balbúrdia, alvoroço, bagunça, confusão, algazarra…Vozeria!

Archive for julho \08\UTC 2010

A sala 800

Posted by Tiago Di Tullio Freitas em 08/07/2010

Hoje voltei, por minutos, sete anos no tempo. Cada centímetro, cada passo trazia uma memória. Parece que cada pedacinho daquele prédio nos pertence. E passamos apenas quatro anos lá. Não fomos os primeiros a chegar e estamos longe de ser os últimos a sair. Mas pra gente, o que fica, o que marca, é a NOSSA passagem. Única. Uma vez na vida. Podemos até passar pelo processo novamente, mas dificilmente uma história dessa intensidade é substituída ou repetida.

Prestes a iniciar uma nova caminhada de estudos, desta vez em pós-graduação, hoje voltei à velha faculdade. Documentação e burocracia, nada de mais. Antes de ir embora, uma breve caminhada. Breve mesmo. Descida até o primeiro prédio. Descida das escadarias onde antes se encontravam o centro do Diretório Acadêmico e a cantina. Universidade deserta. É julho. Férias. Último degrau. E o olhar se fixou na porta da primeira sala. Da primeira sala, do primeiro encontro, da primeira aula. A sala 800. Mas é só uma porta. De uma sala. Como pode trazer à tona tantas memórias? Só quem passou por lá sabe. Risadas, discussões, cantorias. Brigas, perseguições, xavecos. Fofocas, coxixos, papos sobre a profissão. Confabulações, viagens, combinações. Fugas, gritarias, fomódromo. Adeus exacerbados. Saidinha básica da aula. Matando aula descaradamente. Brincadeiras, alegrias, realização pessoal e expectativas quanto à realização profissional.

É só uma porta. De uma sala. Mas é A SALA. Não pude evitar a emoção de passar por ali. Cada um de vocês me veio à mente. Mesmo por instantes. Como vocês são importantes. Como me orgulho de ter vocês na história da minha vida. E como amo o fato de ter feito um pouquinho da parte da história de vocês. Hoje, percebi o quanto fazem falta. Foi uma memória gostosa. Um momento de muita satisfação. Infelizmente, nostalgia é não poder voltar no tempo.

São três anos e meio de separação. Uma separação dura e indesejada. Porém, esperada e necessária. O lugar é o mesmo. A sala é a mesma. As pessoas, não. Um vazio estranho. Um vazio simbólico. Pros novos, um vazio de férias. Pra nós, um vazio de saudades…

*Fica a minha homenagem aos meus queridos amigos da turma 33 de Jornalismo da PUC-Campinas. Vocês são MUITO especiais…!!!

Posted in Ideias | 8 Comments »